* Outros Blogs do meu Grupo *

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Nasce o dia e eu renasço com ele

Há muito tempo
que vejo o Sol nascer…
Já nem me lembro
quando foi…!

Nem sempre
ele me sorri,
por vezes
 parece cinzentão,
mas quase sempre,
brilha e aquece
o meu coração!

Tu
minha alma querida,
ficas triste,
muito sofrida,
incompreendida!

O teu amanhecer,
nem sempre é igual.

Eu
com fé inabalável,
vejo mais perto
o teu desejado Sol;
Sereno, digo-te:
chegará o teu amanhecer!


E eu
distante mas próximo,
verei e sorrirei
quando esse amanhecer chegar
... e aí o tens neste Domingo...

José Manuel Brazão

 [....]

Não há lugar para espinhos
Nos dias de domingo
Acordo junto com o nascer do sol
E logo me sinto envolvida
Pela paisagem mágica e acolhedora
Cheia de luzes, aromas e cores

Nasce o dia e eu renasço com ele
Com o coração cheio de vida e calor
E minh’ alma transbordando alegria
Estou viva!! Sem feridas, sem dor
Volto a ser a menina sonhadora
A borboboleta, o anjo, a flor...

O silêncio e a solidão nesse momento
Me trazem uma paz que me acalma e conforta
E tudo o mais fica tão pequeno
Diante dessa imensidão de emoções e sentimentos
Que é impossível não dizer que estou feliz...

regina ragazzi

2 comentários:

vidaslife disse...

Repassando o seu blog fiquei encantada com tanto poemas lindos, cheios de sentimento. Agradeço sua visita e o carinho por seguir-me.Desejo te uma linda noite um belo final de semana e beijinhos carinhosos para ti e todas as suas poetisas.

Mila Moore disse...

Meu querido e apaixonante José Manoel brazão, esta poesia me deixou muito feliz, renasci por todo o instante em que a li. Muito obrigada de todo coração por me seguir e muito obrigada pelo que a sua poesia me faz sentir. Beijos poeticos...