* Outros Blogs do meu Grupo *

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Ainda assim amor...


Ainda que a noite roubasse meu dia
criasse um tormento em minha calmaria,
que toda verdade entornasse em mentira
ainda assim amor, eu te amaria..
E se você voltar e disser não,
e for se embriagar em outro chão
ainda assim é teu meu coração.
Se encharcar de dor os olhos meus
e secamente me disser adeus
ainda em mim amor, tudo é teu.
E mesmo se o mundo acabar
e em outros braços você se deitar
ainda assim amor, eu vou te amar.

Por que amar-te é minha rendenção
é combustível, seiva, é meu pão,
minha razão de vida desmedida.
E não me importo se me esquecer
se me apagar, tirar-me de você
deixar de amar-te é preferir morrer.
Prefiro amar você por toda vida.

Sandra Freitas



[....]


Ainda assim amor,
o tempo passa
e no meu silêncio
amo a tua voz,
o teu pensamento,
o teu querer,
a tua paixão!

Vivemos
este amor ardente,
com admiração
um pelo outro,
com o desejo
de que o tempo pare
para nós saborearmos
este amor doce,
generoso
e carinhoso;
este amor único!

Ainda assim amor
seguiremos
nossos caminhos,
sempre unidos,
queridos,
como amantes
de uma só vida,
que nos uniu,
sorriu
e nos levará
até sempre,
ao pensamento
do meu e teu poema,
da nossa Vida!

José Manuel Brazão

2 comentários:

Maria Letra disse...

Esta é a primeira vez que visito este blog. Fiquei encantada e, portanto, quero dar-lhe os meus parabéns. Já me tornei seguidora.
Como o encontrei? Porque procurava uma imagem do Tsunami e fui encontrá-la aqui. Peço desculpa pelo 'roubo' e pergunto se vê nisso inconveniente. Tenho 4 blogs, um dos quais dedico a contar histórias aos meus inúmeros netos ... (três mil e muitos), que muito provavelmente nem lerão o que escrevo. E se o fazem, não se atreverão, os mais pequenos, a comentar porque terão medo de dar erros ...
Peço-lhe o grande favor de avisar-me, caso veja algum inconveniente.
E ..., um desejo: escreva até que os dedos lhe doam.

José Manuel Brazão disse...

Agradeço a visita e leve o que entender!

Os poemas são para os leitores e as imagens são Google!

Beijo do ZÉ