* Outros Blogs do meu Grupo *

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Acordei com a saudade ao meu lado!


Hoje acordei acompanhado
pela saudade ao meu lado...
Meus olhos percorreram
imagens de sítios que conheci
de corpos em que vivi
e num deles
sorri com destino
e recordei
uma paixão iniciada
um amor consumado,
que ficou em nosso peito!
Já de olhos abertos para a vida
que me espera, comecei mais um dia
de outros que virão!

José Manuel Brazão

[...]

Lembrei de você,
do amor bem vivido.
E culminou num lindo sorriso,
das lembranças dos corpos atracados,
Amados, divididos
Feito navios em cais de porto.
Tendo como testemunhas
Apenas o luar e as estrelas.
E as imagens de sítios
ao abrirem as portas de coração,
marcou em nosso peito
o amor que ficou.
Lembranças do amor em si
do momento incrivelmente sedutor,
Das gotas de suor emanadas
dos corpos atracados.
Então, o destino me sorriu.
Lembrei-me, mais uma vez, de você.
E acordei com a saudade ao meu lado.

Sueli Rodrigues

3 comentários:

Sueli Rodrigues disse...

Nossa, nem acredito que já está qui... ficou belo... muito romântico esse encontro poético
Obrigada Zé pelo carinho...
Su

Dilmar Gomes disse...

Dois lindos poemas. Uma ode ao amor.
Um abração.

may lu disse...

Bom dia! Lindo, almas em sintonia... "Lembrei-me, mais uma vez, de você.
E acordei com a saudade ao meu lado." Acordar com saudades nos deixa com uma certa ansiedade, antecipando os acontecimentos do dia... Que a espera desse amor não demore muito. Beijão"