* Outros Blogs do meu Grupo *

domingo, 15 de abril de 2012

Como eu desejo os teus beijos

Nestas horas do meu silêncio
em que a saudade mora no meu peito
e neste “mundo” que me rodeia
só vejo a tua imagem,
os teus susurros
o eco de te amo demais,
e sinto o teu melhor beijo!

Vem, quero teu corpo por inteiro,
nos prazeres mais intensos...

José Manuel Brazão

[...]

Que prazeres ofereces?
Se tudo que desejo
São os beijos ainda não consumados
O eu te amo ainda não dito
Os sussuros sufocantes
O amor de dois amantes
Vês minha imagem?
Vejo a sua
E a saudade aperta no peito
Mais intensa enquanto silêncio
Nossa! Como desejo esse beijo...

Sueli Rodrigues

2 comentários:

Sueli Rodrigues disse...

Que insegurança! Muito forte esse duo...

Gilce Veríssimo disse...

Que intenso poema Sueli. Parabens!
E José manuel,a música casa muito bem com a doçura do seu espaço! Beijo a todos!